Go to Top

Braço armado do Iran foi responsável por ataque contra ISRAEL

Horas após o ataque feito no norte de Israel que a princípio pensava-se ser do Líbano, pelo visto foi lançado da Síria pois mais dois disparos caíram sobre o Golan em Israel.

Segundo o serviço secreto de Israel o responsável pelo ataque foi Said Azidi, o comandante da Força Quds, o braço armado do Iran para operações fora do território iraniano.

Mediante as informações após as investigações, a Força Aéria do Estado de Israel realizou um contra ataque dentro da Síria, de onde vieram os disparos.

Segundo os meios de comunicação, estas foram as maiores investidas militares de Israel dentro do território da Síria a muito tempo.
Segundo o porta-voz das Forças de Defesa de Israel, pelo menos 14 alvos foram atacados pelos caças de Israel que atacaram junto a fronteira e até mesmo no interior do país.
Além disso, diversos outros alvos foram atacados utilizando tanques que destruíram depósitos de armamentos sírios, antenas de rádio e até mesmo um posto avançado do exército da Síria foi destruido.
“Não há a menor dúvida de que este ataque foi o mais abrangente nos últimos anos”, declarou o porta-voz da IDF.
O General Comandante das Forças de Defesa de Israel declarou a imprensa: “O IDF atacaram nas últimas horas com artilharia e a força área as regiões de lançamento de foguetes e do exército sírio de Assad. Nós não vamos tolerar tentativas de violação da soberania de Israel e nem permitir minar a segurança dos seus cidadãos, vamos responder com firmeza e fortemente contra qualquer um que nos desafia, e nosso braços porá as mãos em qualquer um e em qualquer lugar que seja. Sugiro que não testem nossa determinação. Agimos de forma responsável e criteriosa para manter a segurança dos cidadãos israelenses.”

 
Font.: Cafetorah

, , ,