Go to Top

Amai ao próximo, mesmo que não seja tão próximo.

No dia 16 de julho de 2015, o Entre as Ruas de Papéis, entrou em campo mais uma vez. Saímos ao centro do Recife, para levar alimento, palavra e amor para nossos amigos que estão passando por necessidades, morando nas ruas. Muitos deles já nos conhecem, e nós já conhecemos a historia de muitos. Muitos estão ali por estarem intrigados com seus pais, outros porque foram abandonados pela familia, outros porque perderam tudo por causa do vício. São pessoas de todas as idades e com diversas histórias, mas existem frases que sempre escutamos deles:

“eu já fui evangélico” ou “eu sou desviado dos caminhos do Senhor”.

Nesse dia, alcançamos uma quantidade enorme de crianças e adolescentes, todos usando substâncias químicas para aliviar a sua fome, e por causa disso acabam viciados. Ao perguntar qual expectativa de vida eles têm, a resposta é sempre a mesma: “sei não tia”. Revoltados com a situação em que se encontram, desistem de sonhar, desistem de buscar uma melhora, uma expectativa de vida, desistem até mesmo de ter fé, e se acomodam com a dura realidade.

No final de mais uma rota, nossa equipe saiu com lágrimas nos olhos, e coração apertado, com grande intenção de fazer mais por essas pessoas, pois por algumas horas vivemos a realidade deles, e enxergamos o quanto eles precisam da nossa ajuda. Mas também saímos com grande satisfação de ter cumprido o nosso “Ide” e realizado mais um Entre Ruas para honra e glória do Senhor.

 

Joicy Bernardo (Líder do Entre as Ruas de Papéis)

,